"Nesse dia notei que ela estava meio ausente, talvez em outro mundo. Difícil de perceber para onde se dirigia seu olhar, difícil de entender em que rua se perdia sua mente. Por mais que tentassem, jamais conseguiriam decifrar suas emoções, ela era quase um enigma. Não falava muito, era como se tomasse cuidado com as palavras. Parecia que ela vivia aprisionada por seus pensamentos, mas seus olhos despertavam curiosidade nas pessoas ao redor, as seduzia a descobrir seus mistérios e entender o que a tornava tão diferente, afinal, não era das mais bonitas, admito. Bastava alguns minutos a observando e a ouvindo para que se encantasse facilmente por aquele cabelo claro queimado de sol, seus olhos cor-de-mel e seu sotaque carioca."
Essa Garota e Sua Mente Perturbada - Lohanna Netto (m-alici0sa)

(Source: M-ALICI0SA, via finalmenteoceu)